Sucesso profissional: 3 Mitos que você não pode ignorar

É importante que não caia na armadilha de acreditar em alguns dos mitos sobre o sucesso profissional que irei mencionar mais a frente!

Qualquer um destes 3 mitos pode só por si roubar completamente as chances de você alcançar o sucesso profissional na sua área.

O que é que pessoas como o Steve Jobs, Bill Gates ou Michael Dell, pessoas como o Amâncio Ortega, Jeff Bezos ou Mark Zuckerberg e tantas outras pessoas fizeram para conseguir tão gigante sucesso profissional?

Quais os 3 mitos que estão afastando você do seu sucesso profissional?

Qualquer uma das pessoas que mencionei alcançou um tremendo nível de sucesso profissional porque elas amam o que fazem!

Uma das pessoas que mais admiro é o Steve Jobs, ele não criou todos os produtos fenomenais da Apple pelo dinheiro, na realidade quando ele se tornou Bilionário, as pessoas questionavam-no sobre a satisfação de ter ganho todo aquele dinheiro, e ele respondia que não tinha criado aqueles produtos maravilhosos pelo dinheiro e sim por amor.

Steve Jobs era tão exigente com os produtos que desenvolvia, que por exemplo, ele queria que os icons do Iphone fossem tão bonitos que dessem até vontade de lamber a tela.

Quando Steve Jobs criou o primeiro Macintosh ele queria ele fosse tão bonito que até o interior tinha que ser bonito, e quando questionado por um funcionário sobre o porquê do interior ter que ser bonito já que ninguém iria ver e ninguém iria dar valor.

Ele respondeu:

Ninguém vai ver o interior mas nós vamos, nós vamos ter a satisfação de saber que o nosso computador é tão bonito por fora como por dentro. 

Ele amava o que fazia, ele amava design, simplicidade e ele tinha o sonho de mudar o mundo.

 

Porque apenas a minoria das pessoas alcança um tremendo nível de sucesso profissional?

minoria tem sucesso profissional

Temos vários exemplos de empreendedores de sucesso que amam o que fazem e têm um tremendo sucesso por isso, se recuarmos uns anos temos o exemplo do Picasso!

Picasso amava pintar, mas ao contrario do que qualquer leigo possa pensar, ele não pintava por inspiração, ele era apaixonado e dedicado, ele estudava e seguia exemplos de outros artistas conceituados como Cézanne e Manet.

Normalmente quando ele terminava de jantar em vez de ficar à conversa com seus amigos ele voltava para o seu estúdio para estudar e praticar porque era o que ele amava fazer e até hoje é considerado um dos melhores de sempre.

 

Então a minha dica para alcançar um astronômico sucesso profissional é:

“Siga a sua paixão e não o dinheiro, siga a sua paixão que o dinheiro seguirá você!”

Agora vamos a minha parte favorita que são os mitos sobre o sucesso profissional.

Cuidado com qualquer um destes mitos pois eles estão presentes em nossa vida, no nosso dia a dia, mas são apenas uma ilusão que nos desmotiva e nos tenta desviar do nosso caminho.

 

1. MITO DO BERÇO PRODÍGIO!

mito do berço prodígio

A sociedade muitas vezes vende-nos a ideia que os grandes nomes da história nasceram com um dom especial.

Esta é uma ideia totalmente errada e vários estudos comprovam isso. Vejamos o exemplo de Mozart que possuía habilidades musicais fora do comum!

Mas veja, as composições musicais de Mozart nos primeiros 10 anos de sua carreira foram consideradas por especialistas como abaixo da média e desprovidas de qualquer talento especial.

Somente após 10 anos de prática constante é que as composições musicais de Mozart se começaram a destacar.

Então este mito leva-nos a acreditar que os grandes artistas, escritores, os grandes cientistas, jogadores, os criadores do Google, do Facebook, os grandes empreendedores são génios que nasceram com um dom.

A sociedade vende-nos a ideia de que se não nascemos com esse tal “Dom” somos apenas seres humanos comuns que nos devemos resignar a nossa condição medíocre, sem sonhar alto e sem possibilidades de alcançar nada de significativo.

Isso é totalmente errado!

A genialidade, a performance legendária, tem muito menos a ver com o seu DNA e tem muito mais a ver com aquilo que você faz com o seu potencial.

Cristiano Ronaldo não nasceu com um dom especial para o futebol, ele saiu do conforto do seu lar na Ilha da Madeira aos 11 anos para ir para Lisboa para as categorias de base do Sporting Club de Portugal e desde então é o primeiro a chegar aos treinos e o último a sair.

O Cristiano Ronaldo é focado, dedicado e obcecado em ser o melhor jogador do mundo e foi essa determinação que o fez alcançar o auge do seu sucesso profissional e ser considerado 3 vezes o melhor jogador de Futebol do Mundo.

 

2. MITO DA SORTE REPENTINA!

mito da sorte repentina

Testemunhamos diariamente na Internet, na TV, nos Jornais e no boca a boca o sucesso profissional astronômico de certas pessoas.

Mas a sociedade tende a valorizar o imediato que é o produto final, que é o resultado de inúmeros anos de treino, aprendizado e prática.

Muitas vezes caímos na armadilha de pensar que essa pessoas devem ter tido uma sorte repentina e da noite para o dia conseguiram alcançar um tremendo sucesso profissional.

Mas não nos damos ao trabalho de aprofundar um pouco mais as suas histórias, pois se o fizéssemos víamos que na maioria dos casos essa “sorte” levou 10 ou 20 anos para se revelar.

Então tome nota do seguinte:

FOCO E PACIÊNCIA É MAIS IMPORTANTE DO QUE TALENTO NATURAL

Se você olhar de perto para qualquer um dos exemplos que mencionei atrás, verá que todos têm um denominador comum que não é talento natural e sim consistência, eles são pacientes e têm a capacidade de se levantar quando são derrubados.

O que você faz de forma consistente no seu dia a dia é muito mais importante do que aquilo que você faz uma vez a cada ano.

Então apaixone-se, dedique-se, aprenda, mude seus hábitos, mude suas prioridades e pequenos degraus subidos diariamente significarão grandes altitudes escaladas no longo prazo.

 

3. O MITO DO TOQUE DE MIDAS!

mito toque de midas

Nós somos levados a acreditar pela sociedade e pela mídia que para ter sucesso profissional é necessário ser bom em tudo.

Mas a realidade é que não dá para ser bom em tudo!

Como diz um provérbio russo a pessoa que persegue dois coelhos não vai pegar nenhum dos dois.

Você nunca conseguirá ser o melhor em tudo! Porquê?

Você tem que focar naquilo em que se quer destacar, tem que treinar, estudar, praticar, estabelecer boas parcerias e para além disso você tem que comer, dormir, malhar, socializar, o seu tempo é limitado e infelizmente não dá para tudo.

As pessoas cada vez mais vivem inundadas com informação saltando entre sites, redes sociais, bisbilhotando e comentando sobre a vida dos outros, totalmente exaustas com demasiados jogos, televisão e notificações.

Mas veja bem os grandes players não se deixam seduzir por esse tipo de distrações, não nessa escala, eles parecem viver isolados em uma pequena bolha de foco, obcecados por pequenas coisas que são decisivas em seus resultados finais.

 

  • Albert Einstein destacou-se na física ele não queria ser poeta
  • William Shakespeare destacou-se na poesia ele não queria ser pintor
  • Picasso destacou-se na pintura e na escultura ele não queria ser realizador de cinema
  • Steven Spielberg destacou-se no cinema ele não queria ser jogador de basquetebol
  • Michael Jordan destacou-se no basquetebol e não queria ser outra coisa qualquer

 

A PERGUNTA QUE SE COLOCA É: EM QUE É QUE VOCÊ É REALMENTE BOM?

Defina o seu proposito e a sua obsessão, uma obsessão só é negativa se não for saudável, defina quais são as pequenas coisas que são decisivas em seus resultados finaiss, aqueles 20% que produzem 80% dos resultados.

Já vimos nesse artigo aqui que mesmo em tempo de crise econômica há quem esteja passando um mau momento, mas há também que esteja atravessando o seu período de maior sucesso profissional.

Então não esqueça, é um mito você pensar que pode ser bom em tudo, se realmente quer ser bem sucedido você deve decidir em que área se pretende destacar e se focar nisso.

E, para finalizar, eu adoraria saber a sua opinião sobre esse artigo.

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre algum mito sobre o sucesso profissional que você deseja compartilhar conosco que não foi mencionado ou até mesmo alguma crítica sobre esse texto.

Acima de tudo acredite em você, sonhe grande, tenha fé, aguente firme e viva intensamente. Votos de muito sucesso a todos.