Diferença entre Reconhecimento e Bajulação

Share on Pinterest
There are no images.

Por mais parecenças que existam a diferença entre reconhecimento e bajulação é tremenda, no entanto muitas vezes estes conceitos andam misturados e o que poderia ser um simples ato de mostrar o nosso apreço pelo próximo, acaba por ser confundido com um elogio exagerado com fim de obter algo em troca.

Eu senti a necessidade de criar este artigo e vídeo pois vejo diariamente pessoas que evitam reconhecer o valor dos seus sócios, dos seus colaboradores ou mesmo dos seus familiares com medo de serem mal interpretadas.

Você vê gerentes que evitam elogiar funcionários com medo de mostrar fraqueza ou funcionários que evitam elogiar os gerentes com medo de mostrar interesse exacerbado, você vê pais que evitam elogiar os filhos com medo de os estragar com mimos, ou vê o marido evitando elogiar a esposa com medo que esta pense que ele a anda traindo.

Mas a verdade é que muitas vezes acabamos por não reconhecer o valor dos outros porque vivemos demasiadamente focados em nós mesmos.

A partir do momento em que deixamos de pensar tanto em nós mesmos e começamos a olhar mais para as qualidades das outras pessoas, deixamos de ter ter necessidade de nos valer da bajulação barata ao ponto de sermos encarados como hipócritas.

O genuíno reconhecimento sob a forma de elogios ou recompensas pode causar um impacto sem precedentes em seus relacionamentos pessoais ou profissionais, quando você genuinamente reconhece e valoriza outra pessoa, essa pessoa não só tende a desenvolver sentimentos positivos, como sua moral também é reforçada.

Se o genuíno reconhecimento gera tamanha felicidade, também a ausência dele, gera, de forma inversamente proporcional sentimentos de desgosto, tristeza e ansiedade, podendo mesmo levar a estágios de depressão ou mesmo insanidade.

Existem pessoas que vivem deprimidadas porque ninguém na empresa parece lhes dar valor, ninguém em casa parece lhes dar valor e vivem a vida esfomeadas por apreço.

Veja bem apreço é para a alma o que a comida é para o corpo, com uma pequena diferença, quando você ingere alimentos seu corpo fica saciado, mas há um desejo que ninguém é capaz de saciar, que segundo Freud é o desejo de ser grande ou de se sentir importante.

O mais profundo principio da natureza humana é a ânsia de ser apreciado e por esse motivo é que premiamos com medalhas os vencedores de uma qualquer competição.

Por esse motivo é que que as pessoas ambicionam usar as roupas da moda, dirigir os carros mais velozes do mercado ou enturmar com pessoas famosas.

Vou-vos contar uma história que, mais ou menos, ilustra a ideia que quero passar!

Eu adoro a comida da minha mãe, na realidade todos adoramos a comida dela e ás terças feiras quando estou em Portugal tem sempre jantar na casa dela. Mas a uma dada altura ela simplesmente deixou de cozinhar, e toda a terça feira em vez de jantarmos em casa íamos ao restaurante.

Ora todos sabem que comida de mãe é comida de mãe não é mesmo, e por mais que a comida de restaurante fosse boa não era igual à comida da minha mãe, foi então que eu já cansado de ir jantar no restaurante toda a terça feira perguntei.

“Mãe porque é que você nunca mais cozinhou”?

Ao que ela me respondeu:

“Ora porque é que eu haveria de continuar a cozinhar se durante anos nunca ninguém elogiou os meus cozinhados, seria tolice continuar a empenhar-me em cozinhar o melhor possível, sem que ninguém reconhecesse o fruto do meu esforço”

Desde esse dia jurei que além de saborear as iguarias da minha mãe, iria elogiar sua performance, pois percebi que isso não só a deixava mais feliz como a incentivava a cozinhar mais pratos maravilhosos.

A capacidade de genuinamente reconhecer as virtudes dos outros é tão valorizada que a Discovery Communications dona do canal Discovery, Discovery kids, Animal Planet… Paga ao seu CEO David Zaslav segundo o jornal The New York Times $156 milhões de dólares por ano o que representa mais de $427 mil dólares por dia, que faz dele o CEO mais bem pago do mundo.

Por que é que você acha que a Discovery paga ao David Zaslav mais de $427 mil dolares por dia? Porque ele é algum génio? Por ele ser um grande produtor ou realizador?

Claro que não! O David é formado em direito e começou como advogado em Nova York, mas ele tem uma característica que o diferencia da maioria das pessoas, que é a capacidade de despertar entusiasmo nas outras pessoas, desenvolvendo o que de melhor há em seus colaboradores através do reconhecimento e encorajamento e tendo sempre em mente os desejos dos telespectadores.

A Discovery leva hoje o entrenimento a mais de 330 milhões de pessoas em mais de 220 países, e desde que o David assumiu o comando em 2007 a empresa iniciou a negociação como uma empresa pública na bolsa de valores Nasdaq. E mais do que triplicou o seu valor, crescendo de menos de US $ 6 bilhões para surpreendentes US $ 18 bilhões de dolares.

Outro exemplo do quão preciosa é a capacidade de reconhecer o valor dos outros é o nosso Salim Mattar fundador da localiza que mencionei no artigo/vídeo anterior ? Salim Mattar – 10 Segredos de Sucesso

No 5º segredo de sucesso Salim Mattar revela que o diferencial que faz da Localiza a maior locadora de automóveis na América Latina são as pessoas, porque todas as locadoras alugam um carro com 4 rodas, um volante, ar condicionado, mas na Localiza apenas são recrutadas pessoas alegres e bonitas por dentro, em detrimento de outras pessoas que até possam ter mais formação mas que tenham mau génio.

Conheça os 3 passos para se tornar uma pessoa mais motivada

Há pouco tempo eu estava discutindo esta questão com uma pessoa próxima e foi quando ela me perguntou, mas Pedro, qual é afinal, a diferença entre o genuino reconhecimento e bajulação, porque todos sabem que se eu for elogiar uma pessoa minimamente inteligente isso meio que pode ser confundido com uma bajulação barata.

A minha resposta foi a seguinte, a nossa mente é a raiz de todos os males e de todos os bens, se você pensar que está bajulando alguém você provavelmente estará fazendo isso.

A diferença entre reconhecimento e bajulação é simples, o elogio é sincero e a bajulação é falsa, um vem do coração outro vem da boca, um é generoso, outro é egoísta, um é altamente admirado, outro é profundamente recriminado.

Se você é uma pessoa que por norma critica e fala dos outros por trás, se você é uma pessoa com um umbigo maior que o mundo, de mau génio que só fica feliz com o mal dos outros é natural que qualquer elogio que você queira tecer seja considerado bajulação, porque você não tem credibilidade para elogiar, e todos irão ficar desconfiados quando o fizer.

Agora se você genuinamente se importa com os outros você deve demonstrar isso primeiramente através das suas atitudes, sendo menos critico, menos reativo, menos egoista e mais generoso, mais interessado, mais companheiro, mais amigo.

Aumente o seu crédito diariamente através das suas atitudes que as palavras que você proferir serão meros detalhes, da próxima vez que seu filho ou filha tirarem boas notas na escola, recompense-os, não os despreze.

Da próxima vez que encontrar com sua companheira ofereça-lhe uma flor e reconheça suas virtudes, não a critique ou seja indiferente.

Da próxima vez que sua mãe cozinhar o prato que você adora, não deixe passar a oportunidade de lhe dizer que aquela comida é a mais saborosa que já provou.

Não esqueça que aqueles com quem convive diariamente são seres humanos, cujo corpo se alimenta de comida e cujo a alma se alimenta de apreço, então não descuide reconhecer aqueles com quem convive como não descuidaria alimenta-los caso estivessem passando fome.

E lembre-se criticar e magoar as outras pessoas não as fará mudar nem as impactará, seja generoso em seus atos e sincero em seus elogios e você ficará marcado eternamente nas mentes e corações daqueles que tiveram o prazer de o conhecer.

Quero terminar com um velho ditado, que me acompanha no bloco de anotações para onde quer eu vá e que faço questão de ler regularmente, para nunca me esquecer de que o mundo que conheço é uma passagem por onde muitos já passaram e muitos mais passarão, e que esta é a minha hora de fazer a diferença na vida de outros que também como eu buscam uma melhor versão a cada dia.

Passarei por este caminho uma só vez, por isso, se existe qualquer bem ou gesto de bondade que eu possa fazer em beneficio do ser humano, que eu faça já. Que eu não adie ou negligencie, pois por aqui jamais passarei

Caso tenha gostado do artigo, compartilhe-o nas redes sociais.

Nos encontramos por aqui no próximo artigo.

Forte abraço!